Correção de Cicatriz - Fuzaro

Correção de Cicatriz

A cirurgia de correção de cicatriz visa melhorar o aspecto de cicatrizes alargadas, retraídas e queloides, causadas por cirurgias prévias, traumas e sequelas de queimadura.

O resultado do reparo de lesões pode ter melhor ou pior qualidade de acordo com uma série de fatores como, por exemplo, etnia, sexo, idade, local do corpo, presença de infecções e tensão da pele.

 

Indicação

Homens e mulheres que se incomodam com a aparência estética de uma cicatriz, decorrente de uma cirurgia ou um acidente, ou quando ela prejudica a funcionalidade da pele.

 

Como a cirurgia de correção de cicatriz é feita?

Antes do procedimento cirúrgico, o cirurgião deve solicitar exames pré-operatórios para avaliar as condições de saúde do paciente. Além disso, é orientado fazer jejum de 8h.

O tipo de cirurgia para remoção de cicatriz varia conforme o tipo, tamanho, localização e gravidade da cicatriz. A escolha é feita pelo cirurgião de acordo com as necessidades e a tendência de cicatrização de cada indivíduo. As principais técnicas são:

  • Z-plastia: método mais popular para revisão de cicatrizes;
  • Meia Z-plastia: em que a pele adjacente de apenas um dos lados da cicatriz é elástica;
  • Z-plastia em quatro retalhos: utilizada para a liberação de contraturas cicatriciais graves que restringem a flexão normal ou em queimados;
  • S-plastia: para tratar cicatrizes contraídas ovais;
  • W-plastia: para melhorar cicatrizes lineares irregulares;
  • Linhas geométricas quebradas: que converte uma cicatriz linear longa em uma cicatriz irregular, de forma aleatória, para ficar menos visível;
  • Subcisão e preenchimento: eficaz em cicatrizes retraídas e afundadas, que requerem preenchimento com gordura ou ácido hialurônico;
  • Dermoabrasão: técnica antiga que pode ser feita de forma manual ou mecânica.
  • reparadorasreparadoras-+

    Recuperação

    reparadorasreparadoras-+

    Após a cirurgia de correção de cicatriz, o paciente deve evitar atividades físicas intensas, não se expor excessivamente ao sol por 30 dias e utilizar filtro solar todos os dias, mesmo após a cicatrização. Este cuidado é essencial para que o sol não cause manchas permanentes no local da nova cicatriz, prejudicando o resultado final.

  • reparadorasreparadoras-+

    Resultado

    reparadorasreparadoras-+

    O resultado definitivo poderá ser observado após a cicatrização total, o que pode levar meses até um ano.

Open chat