Prótese de Glúteo ou Gluteoplastia - Fuzaro

Prótese de Glúteo ou Gluteoplastia

Gluteoplastia, ou colocação de prótese de glúteo, é a cirurgia plástica para inclusão de implante de silicone ou enxerto de gordura, a fim de aumentar o volume dos glúteos e proporcionar forma mais harmoniosa. O procedimento pode ter finalidade estética ou para correção de deformidades.

 

Indicação

Homens e mulheres adultos com hipotrofia ou insatisfeitos com o formato dos glúteos, que queiram aumentá-los ou remodelá-los. Normalmente, é recomendado para pessoas com nádegas pequenas, com forma achatada e que apresentam flacidez.

 

Como a Gluteoplastia é feita?

Primeiramente, para a segurança e o bem-estar do paciente, o médico deve fazer uma avaliação pré-operatória e solicitar exames para identificar alterações que possam causar riscos ao procedimento.

Além disso, o paciente deve evitar ingerir bebidas alcoólicas e fazer refeições exageradas na véspera da cirurgia, suspender o uso de cigarro 20 dias antes e não aplicar cremes no corpo no dia anterior. Também deve comunicar medicamentos de uso contínuo e programar suas atividades para que possa cumprir o período de recuperação.

A gluteoplastia pode ser feita de duas formas: prótese de silicone ou enxerto de gordura.

  • Gluteoplastia com prótese de silicone: nesse caso, o cirurgião realizará duas incisões pequenas na parte de cima dos glúteos para inserir as próteses, geralmente em formato oval ou redondo. O tamanho é escolhido de modo conjunto entre profissional e paciente;
  • Gluteoplastia com enxerto de gordura: aqui a remodelação dos glúteos começa com uma lipoaspiração de outra região do corpo, como abdômen ou pernas, para aspirar o excesso de gordura. Em seguida, as células de gordura são injetadas nas nádegas.
  • corporaiscorporais-+

    Internação

    corporaiscorporais-+

    O paciente deve permanecer internado no hospital em torno de 24 horas.

  • corporaiscorporais-+

    Recuperação

    corporaiscorporais-+

    É possível retornar às atividades habituais após cerca de 15 dias. Além disso, alguns cuidados são necessários, como tomar medicamentos analgésicos ou anti-inflamatórios para aliviar a dor, dormir de bruços ou em outra posição que permita que o bumbum não encoste completamente no colchão, evitar se sentar por duas semanas e não fazer esforço físico nos primeiros dias.

    Exercícios leves e caminhadas mais longas podem ser feitos após 30 dias e atividades mais intensas depois de seis semanas.

  • corporaiscorporais-+

    Resultado

    corporaiscorporais-+

    É possível visualizar os primeiros resultados a partir da segunda semana após a cirurgia, período em que o inchaço diminui. No entanto, só se tornam definitivos depois de 3 a 6 meses.

Open chat