Ninfoplastia ou Cirurgia Íntima - Fuzaro

Ninfoplastia ou Cirurgia Íntima

A cirurgia íntima, ou ninfoplastia, consiste na retirada do excesso de pele dos pequenos lábios vaginais, restaurando o aspecto estético e natural. Pode-se ainda realizar lipoenxertia de grandes lábios, caso estes sejam hipotróficos e não cubram totalmente os pequenos lábios e o introito vaginal.

 

Indicação

A ninfoplastia é indicada para toda mulher que se sente constrangida com o aspecto estético da região íntima e para aquelas que experimentam sensação desagradável durante a relação sexual. Além disso, a cirurgia íntima também contempla mulheres que sentem atrito e desconforto ao usar roupas justas, pedalar e praticar outros esportes, e àquelas que apresentam fissuras e machucados constantes nos pequenos lábios.

 

Como a cirurgia íntima é feita?

Os cuidados pré-operatórios influenciam nos resultados do procedimento, garantem boa cicatrização e previnem problemas que possam atrapalhar a recuperação da paciente. Nesse sentido, é importante parar de fumar 15 dias antes, evitar ingerir medicamentos que contenham ácido acetilsalicílico, informar ao médico a possibilidade de estar grávida, marcar a operação foram do período menstrual e comunicar qualquer problema de saúde.

Na véspera, a paciente deve respeitar o jejum determinado, evitar bebidas alcoólicas e refeições pesadas e fazer higiene local com sabonetes específicos.

A cirurgia íntima pode ser realizada em consultório médico. O procedimento é feito em posição ginecológica, com cuidados de assepsia e antissepsia. Então, o médico marca, com caneta estéril e individual, a área da correção e só então o anestésico local é infiltrado. Em seguida, os pequenos lábios são cortados, retira-se o excesso de pele e as bordas são costuradas.

  • outras-ciruroutras-cirur-+

    Internação

    outras-ciruroutras-cirur-+

    A mulher deve permanecer internada no hospital em torno de 12 a 24 horas.

  • outras-ciruroutras-cirur-+

    Pós-operatório

    outras-ciruroutras-cirur-+

    No pós-operatório é muito importante o uso de gelo local para evitar edema, sangramentos e infecções, além das medicações prescritas pelo médico. Além disso, a paciente deve fazer repouso relativo por 3 dias, evitar dirigir por 5 a 7 dias, e aguardar 30 a 40 dias para retornar à prática sexual e de atividades físicas. Após 48h, pode retomar suas atividades de rotina. Depilação é recomendada após cicatrização local e quando a mulher estiver segura para fazê-la.

  • outras-ciruroutras-cirur-+

    Resultado

    outras-ciruroutras-cirur-+

    Percebe-se melhora logo após a cirurgia, mas com edema localizado. O resultado final, com inchaço reduzido, pode ser visto após 90 dias.

Open chat